Dúvidas frequentes sobre a infiltração do Ácido Hialurônico no joelho - Viscossuplementação

Introdução

A infiltração do ácido hialurônico (viscossuplementação) é a aplicação de um gel lubrificante por dentro da articulação do joelho.

Nesse artigo eu vou tirar as dúvidas mais frequentes da prática do meu consultório sobre a infiltração do ácido hialurônico no joelho. Sendo assim, os itens que eu vou abordar serão os seguintes:

  • Quando repetir a infiltraçao de ácido hialurônico?
  • Uma vez que foi feita a infiltração, tem que fazer sempre? 
  • Repetir a infiltração do ácido hialurônico pode prejudicar os joelhos?
  • Em quais situações o ácido hialurônico não costuma dar um resultado tão bom?

  • O que fazer quando o paciente teve reação a infiltração anterior ? Não pode mais fazer?

Entretanto, se você quer saber mais sobre o que é esse procedimento, as indicações e os resultados desse tratamento, clique aqui. Caso queira entender dessas dúvidas acima, continue lendo o texto que vou esclarecê-las para você.

Uma vez que foi feita a infiltração, tem que fazer sempre? Quando repetir a infiltração do ácido hialurônico?

É muito frequente a dúvida de quando vai ser necessário repetir a aplicação do ácido hialurônico no joelho. Além disso, existe um temor entre muitas pessoas de que repetir esse procedimento pode ser prejudicial aos joelhos. Nesse artigo, eu vou desmistificar essa ideia de que fazer sempre a infiltração com ácido hialurônico pode ser ruim aos joelhos e explicar quando cada pessoa deve repetir esse procedimento.

Repetir a infiltração do ácido hialurônico prejudica os joelhos?

Existe uma certa crença bastante difundida de que fazer infiltração pode fazer mal aos joelhos. Uma possível explicação para essa ideia negativa sobre a infiltração pode estar relacionada ao que acontece com os corticoides aplicados na articulação dos joelhos. Por muito tempo, atletas profissionais e recreativos recebiam infiltração com corticoides nos joelhos para se manterem jogando sem dor. No caso do corticoide, repetir com frequência a infiltração pode sim ser prejudicial aos joelhos. Isso porque, os atletas acabam mascarando possíveis lesões quando recebem o corticoide, e a manutenção do estímulo esportivo pode prejudicar ainda mais as articulações dos joelhos. E pode ser prejudicial não somente para atletas. Segundo um estudo muito confiável publicado no JAMA, infiltrações repetidas a cada 3 meses com corticoide podem aumentar sim o desgaste dos joelhos no final de 2 anos.

Mas e em relação ao ácido hialurônico? Como fica? Também prejudica?

Entretanto, ao que tudo indica, isso não é o caso com o ácido hialurônico.  Isso porque alguns estudos avaliaram a presença de fatores sanguíneos que aumentam quando há desgaste da cartilagem do joelho. Assim sendo, estudaram grupos de pacientes que receberam e que não receberam a infiltração do ácido hialurônico e pesquisaram esses fatores em amostras de sangue desses pacientes. E o resultado foi que o grupo que recebeu o ácido hialurônico teve uma taxa menor desses fatores sanguíneos em relação ao grupo que não recebeu. Ou seja, esse estudo sugere que a cartilagem pode desgastar menos rápido com o uso do ácido hialurônico. Além disso, outros estudos já mostraram que a aplicação frequente do ácido hialuronico parece aumentar o tempo em que pacientes com artrose do joelho ficam sem precisar de uma prótese de joelho.

Então posso ficar fazendo a infiltração do ácido hialurônico sempre?

Apesar de poder repetir a infiltração do ácido hialurônico quantas vezes necessário, não significa que precisamos fazê-lo sempre. Aliás, saber quando indicamos repetir a infiltração do ácido hialurônico no joelho vai ser ser diferente para cada pessoa. Porém, caro leitor, não se preocupe que vou explicar e vai ficar fácil de entender isso. Vamos lá.

 

Na maioria dos casos, NÃO é necessário repetir o procedimento em pessoas que estão bem e sem dor ou com mínima dor após a infiltração. Nesses casos, NEM MESMO após mais que 1 ano da ultima infiltração é necessário repetir. Isso porque, o principal beneficio desse tratamento é para quando os pacientes estão com sintomas de dor e inflamação no joelho. Por isso, se a dor não está presente, a próxima infiltração pode esperar.

Existem situações em que pode repetir o ácido hialurônico mesmo sem dor?

Sim, existem. Nos casos abaixo, mesmo pacientes que não estão sentindo nada (ou quase nada) é melhor repetir a infiltração em 1 ano:

– em pessoas jovens (< 20 anos) com indicação de infiltrar.

– em pessoas com desgaste (artrose) que está no começo, com a ideia de proteger a articulação do joelho.

– atletas profissionais

– pessoas com risco aumentado da artrose progredir (por exemplo, que já fizeram cirurgia para retirada de menisco ou para reconstrução de ligamento, cirurgia devido fratura do joelho, pacientes com doenças crônicas como o DM tipo 2, entre outros)

– quando o paciente quer e pede para repetir.

E qual seria o benefício em repetir a infiltração mesmo sem dor?

Nesses casos que eu listei acima, após 1 ano, podemos repetir a infiltração mesmo para a pessoa que está bem e sem dor ou com pouca dor.

Isso porque, consideramos alguns desses grupos de pacientes como tendo alto risco de evoluírem para o desgaste dos joelhos (artrose). Dai a infiltração serve não somente para aliviar os sintomas mas também proteger a articulação dos joelhos.

Agora, qualquer um que volte a sentir dor significativa após um tempo da infiltraçao com ácido hialurônico, pode repetir o procedimento. Independente da lista acima, se você voltou a sentir dor 6 meses ou 1 ano após uma infiltração, você pode voltar a fazê-la.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Compartilhe essa informação!